Concebida a partir da carta de Pêro Vaz de Caminha, a ópera infantil O Achamento do Brasil tem música do compositor Jorge Salgueiro e libreto de Risoleta Pinto Pedro. À semelhança dos concertos anteriormente realizados pela Foco Musical, este espetáculo cumpre também objetivos pedagógicos ao nível da audição musical ativa e participada. Assim, o público será personagem interventiva da ópera, intervindo em momentos especialmente concebidos para o efeito e preparado em sessões prévias, na sala de aula.

A história desenvolve-se na transição do século XV para o XVI. O rei de Portugal é D. Manuel I e o país procura expandir as suas fronteiras por via marítima. As novas descobertas enriquecem os cofres do País e o imaginário europeu, ávido de exotismos. É neste contexto que Pedro Álvares Cabral parte de Lisboa em direção à Índia por caminho marítimo, no entanto, um desvio em relação à rota traçada faz com que o capitão português chegue ao atual Brasil, território até então desconhecido dos portugueses. A bordo da nau está Pero Vaz de Caminha, cronista encarregado por sua Alteza El-Rei D. Manuel de relatar as peripécias da viagem. É através da sua carta sobre o descobrimento do Brasil que sabemos da perspetiva portuguesa a propósito dos primeiros contactos entre portugueses e os autóctones.

música Jorge Salgueiro

libreto Risoleta Pinto Pedro

cenografia Kim Cachoupo

interpretação Orquestra Didática da Foco Musical